Mercado imobiliário a todo vapor

Em BH, o valor do m², no primeiro semestre, está 2,3%,mais caro em relação ao mesmo período do ano passado

Arlene Gomes- Construtora imobiliária

A crise econômica causada pela pandemia foi sentida por diversos setores, porém o mercado imobiliário tem passado por este cenário difícil com perspectivas de crescimento.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Imovelweb, somente na capital mineira, o preço do m² dos imóveis na capital mineira subiu 2,3% no primeiro semestre de 2021 e atualmente custa R$ 5.315,00.

Desde o início da pandemia, a procura por imóveis aumentou, tendo em vista que muitas pessoas começaram a trabalhar home office e com isso viram a necessidade de ter uma casa maior para se adaptar às necessidades que o isolamento social trouxe. “Esse aumento de 2,3% no preço do m² já era esperado. Desde o início do isolamento social a gente tem percebido uma alta demanda por reformas e o preço do material de construção, de marcenaria também aumentou, além da taxa de juros para o financiamento que ainda está boa, variando de 4,35% até 8,16% ao ano”, explica Arlene Gomes, consultora de gestão imobiliária.

A taxa de juros mais baixa atraiu o consumidor para realizar o sonho da casa própria. “A queda na taxa de juros barateou o crédito e provocou um aumento na demanda por imóveis financiados. Em momentos de crise  econômica, é normal que haja uma busca por investimento nessa área, pois é um ativo de baixo risco, oferece segurança, além do aumento do custo de construção”, revela.

Momento favorável 

Mesmo com o aumento de 2,3% no valor do m², é um bom momento para adquirir um imóvel, tendo em vista as boas condições de financiamento e empréstimo. “Os juros não  subirão a curto prazo. Este é o melhor momento para conseguir um financiamento barato”, afirma a especialista.

Outro ponto que levou a população a buscar pela casa própria foi o aumento no preço do aluguel. “Os aluguéis também ficaram mais caros em Belo Horizonte no último ano. Como o cálculo do preço do aluguel nutre uma relação direta com o valor venal do imóvel e o valor venal dos imóveis aumentaram, os aluguéis também aumentaram. Nesse cenário, vale a pena repensar na ideia de adquirir um imóvel, pois as parcelas podem ser mais baratas ou ter pouca diferença em relação ao aluguel”, finaliza.

Fonte: Arlene Gomes é especialista em estratégias e gestão ágil (OKR) para imobiliárias. Atua como consultora no mercado imobiliário (@arlenegomes220).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *